Dia Int. Museus


O Dia Internacional dos Museus, 18 de maio, assinala-se desde 1977, por iniciativa do Conselho Internacional dos Museus (ICOM).
Anualmente, neste dia, os Museus preparam um conjunto de atividades e eventos associados a um tema definido pela instituição fundadora.
Para 2021, o tema estabelecido foi "O futuro dos museus: recuperar e reimaginar".

O Museu Municipal de Espinho tem vindo a assinalar anualmente esta data, através de eventos como o "Conservas ao Quadrado", o lançamento da publicação "Jornal da Real Fábrica de Conservas Brandão, Gomes & Ca." e oficinas do Serviço Educativo relacionadas com o património e história local.


Ao longo do mês de maio, vão decorrer diversas atividades educativas no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Museus.


O Museu Municipal de Espinho vai promover um encontro de artistas, no âmbito da 6.ª Bienal Internacional de Arte de Espinho, no dia 15 de maio de 2021 às 16h, nas galerias Amadeo de Sousa-Cardozo.
A moderação estará a cargo de Helena Mendes Pereira.
O evento contará com um momento de performance artística protagonizado pela Academia de Dança de Espinho.

No seguimento das diretrizes sugeridas pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), a temática selecionada pela equipa da Divisão de Cultura da C. M. E. em conjunto com a BiblioLab para as atividades educativas foi "(RE)imaginar o nosso mar - as três espécies mais pescadas na costa de Espinho".

Serão lançados no BiblioLab vídeos informativos e um quizz que poderão ser utilizados como recursos pedagógicos.
No dia 18 de maio, irão decorrer visitas guiadas às exposições permanentes e sessões de contos (por marcação).
A comunidade será ainda incentivada a participar na construção de uma instalação artística no gradeamento a poente do Museu Municipal de Espinho/ FACE. Os recursos necessários para a participação encontram-se disponíveis aqui.
Os recursos educativos estarão disponíveis nas datas assinaladas em BiblioLab.pt.